Livro 'Vestígios da Memória' mostra a riqueza da arquitetura paulista

Do litoral ao interior, o Estado de São Paulo possui uma imensa riqueza arquitetônica espalhada por seu território. É o que se constata ao folhear o recém-lançado livro 'Vestígios da Memória – Fotografias do Patrimônio Arquitetônico Paulista', organizado pela mestranda do Instituto de Estudos Brasileiros da USP, Ana Lúcia Queiroz, em parceria com a fotógrafa Márcia Zoet

Marcos Piffer

A Fortaleza de Santo Amaro da Barra Grande, em Guarujá, com a orla de Santos ao fundo.

Roberto C. G. Castro/Jornal da USP

O livro traz fotografias em preto e branco de 34 obras arquitetônicas na ordem cronológica em que esses monumentos surgiram, desde a Fortaleza de Santo Amaro da Barra Grande, no Guarujá, que começou a ser erguida em 1584, até o Auditório Beethoven, em Campinas, datado de 1976. Produzidas por 19 fotógrafos, as imagens são acompanhadas de textos que contam a história de cada edificação.

“A ideia é que as imagens e informações, como os cartões-postais de lugares não visitados, sejam mensagens a despertar a curiosidade, convites para que se desbravem os vestígios da cultura material paulista”, escreve na introdução a arquiteta Silvia Ferreira Santos Wolff, doutora pela FAU/USP, que atua na Unidade de Preservação do Patrimônio Histórico da Secretaria de Cultura do Estado e leciona na FAU/Mackenzie.

Esse objetivo citado por Silvia – despertar a curiosidade – é facilmente atingido pelo livro. Tomem-se como exemplo o texto e a imagem referentes à mais antiga obra arquitetônica retratada na publicação – a Fortaleza da Barra, no Guarujá. Ao lado de uma foto que mostra uma das guaritas dessa fortificação militar tendo ao fundo a orla da cidade de Santos, um curto texto informa que a é o mais importante conjunto arquitetônico militar do Estado, o principal de um complexo de fortificações coloniais, construídas entre os 16 e 18, com o objetivo de proteger a região e garantir o domínio de Portugal sobre as terras da colônia.

A Chácara do Visconde de Tremembé, em Taubaté.O livro organizado por Ana Lúcia Queiroz e Márcia Zoet.“Destituída de sua função original em 1911, até o final dos anos 1960 foi utilizada pelo Exército como posto fiscal, depósito de materiais, presídio político, escola, local de aquartelamento, alojamento e sede náutica do Círculo Militar de Santos”, informa o livro, acrescentando que, hoje, o local é um museu histórico.

Igualmente instigantes são a foto e as informações sobre a Chácara do Visconde de Tremembé, em Taubaté, que remonta a 1865. O lugar faz lembrar uma época em que, sustentados pela mão de obra escrava, os latifúndios de café dominavam o Vale do Paraíba e a província de São Paulo era governada por uma oligarquia rural formada por grandes fazendeiros com títulos de nobreza.

“O Visconde de Tremembé foi proprietário de fazendas, fundador de uma casa bancária e sócio de uma firma comissária de café”, informa o livro, que traz foto do local. “Um homem rico e erudito, cuja biblioteca alimentou a imaginação de seu neto, o escritor paulista Monteiro Lobato.” Desde 1981, a Chácara do Visconde de Tremembé é sede do Museu Histórico, Folclórico e Pedagógico Monteiro Lobato.

Já entre as obras arquitetônicas instaladas na capital paulista, Vestígios da Memória destaca a Vila Penteado, na rua Maranhão, número 88, Higienópolis. Projetada pelo arquiteto sueco Carlos Ekman para ser utilizada como residência de Eglatina Álvares Penteado Prado – filha do conde Antônio Álvares Penteado -, então recém-casada com o engenheiro Antonio Prado Júnior, ligado a uma das mais tradicionais famílias da cidade, a obra lançou o estilo art nouveau em São Paulo e hoje é considerada um dos seus mais representativos exemplares.

A Catedral de Assis.“Construída com mais de 60 cômodos, distribuídos em dois pavimentos ricamente decorados com pinturas, estátuas, mobiliário, vitrais e mármores europeus, ocupava um grande terreno com jardins, quadra de tênis, lago, cachoeira e horta”, descreve o livro. “Uma monumentalidade que exibia aos passantes e visitantes, no dia a dia ou em festas e recepções, os valores culturais da alta burguesia cafeeira de São Paulo”. A residência de dona Eglatina foi utilizada pela família Penteado de 1903 a 1938, permaneceu desocupada por dez anos e em 1948 foi doada pelos herdeiros à USP, a fim de sediar a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU).
Templos religiosos também fazem parte do patrimônio arquitetônico paulista, como mostra Vestígios da Memória. Um deles é a imponente Catedral de Assis. “Como na maioria das cidades brasileiras, o povoamento de Assis se iniciou em torno de uma Igreja Católica: uma capela de pau a pique coberta por sapé. Nesse mesmo local, lembrando a fundação da cidade, está erguida a catedral.” Em 1914, a Estrada de Ferro Sorocabana chegou a Assis, abrindo caminho para o café e dizimando o que restava dos povos nativos.
Além da modernidade, os trilhos levaram à cidade a dinamização da economia e novos católicos. “A capela de madeira que havia substituído a primeira construção de pau a pique já não representava nem comportava essa comunidade em constante crescimento.” A paróquia deu início, então, à construção de uma igreja maior, inaugurada em 1926.

A Vila Penteado, no bairro de Higienópolis, na capital paulista.Sobre o Auditório Beethoven, também conhecido como Caixa Acústica de Campinas – um dos equipamentos do Parque Portugal, às margens da Lagoa do Taquaral -, Vestígios da Memória informa que ele foi concebido pelo arquiteto Igor Sresnewsky, especialista em acústica para teatros ao ar livre, que em seu projeto se inspirou no auditório do Parque Damrosch, em Nova York, e em estudos da acústica dos teatros da Grécia antiga. “O arquiteto inovou construindo bancos de concreto ressonantes, ou seja, ocos e com combinações variadas, permitindo a reverberação perfeita dos sons”.

Mais artigos...

  1. Atenção dos pais pode reduzir risco de abuso de drogas na adolescência
  2. Reforma trabalhista entrou em vigor neste sábado com novas formas de contratação
  3. Alimentos e cosméticos podem ter alerta sobre substância cancerígena
  4. Dois anos depois, atingidos por barragem em Mariana ainda não foram indenizados
  5. População não entende rótulos, diz pesquisa
  6. Ética no esporte: uma poderosa ferramenta de formação de caráter
  7. Desafios para o cumprimento do Acordo de Paris
  8. Historiador desconstrói mitos sobre Teatro Municipal de São Paulo
  9. Dia mundial de combate ao abuso infantil
  10. Bullying na escola está ligado à má relação familiar, diz estudo
  11. Naufrágios chamam a atenção para a segurança nas hidrovias brasileiras
  12. Com frete rodoviário abaixo do custo, CNI defende fiscalização para evitar crise
  13. Livro analisa educação clandestina no gueto de Varsóvia
  14. Igualdade entre homem e mulher pode agregar US$ 28 trilhões ao PIB até 2025
  15. Os acordes dissonantes da contracultura nos anos de chumbo
  16. Reforma eleitoral abre espaço para propaganda paga em sites
  17. Rotina de jovens com HIV inclui estigma e mudança de hábitos
  18. Gravidez precoce ainda é alta, mostram dados
  19. Rede de apoio é fundamental para combater violência contra a mulher
  20. FAO sugere que jovens de países em desenvolvimento não deixem áreas rurais
  21. Conheça a trajetória do Velho Guerreiro
  22. O que as crianças estão aprendendo sobre o amor?
  23. Outubro Rosa conscientiza sobre prevenção do câncer de mama
  24. Indústria fecha primeiros oito meses do ano com crescimento de 1,5%, diz IBGE
  25. Perda de renda e medo do desemprego fazem brasileiros diminuírem consumo
  26. Desconfiança e preconceito da sociedade dificultam ressocialização de presos
  27. Açaí teve maior valor de produção na extração vegetal em 2016, diz pesquisa
  28. Fécula de mandioca poderá substituir parte da farinha de trigo na composição do pão
  29. Pesquisa aponta saídas para combater desigualdade no Brasil
  30. No Brasil, 45% da população ainda não têm acesso a serviço adequado de esgoto
  31. Integrar história da ciência nas escolas pode revolucionar ensino
  32. Cerca de 11 mil pessoas tiram a própria vida todos os anos no Brasil
  33. Estudo feito na Unicamp permite traçar o roteiro da obesidade
  34. Crise pode limitar financiamento estudantil
  35. Gorduras boas: saiba a importância desses nutrientes e porque eles devem fazer parte do nosso dia a dia
  36. Mercado de trabalho dá sinais de recuperação no segundo trimestre
  37. Cientistas dizem que furacões como o Irma são evidência de aquecimento global
  38. Programa Identidade Jovem enfrenta baixa adesão e resistência dos empresários
  39. Crescimento de ataques virtuais acende alerta sobre suicídio
  40. Na Georgia, brasileiros criam rede de apoio e acolhem mais de 300 pessoas
  41. O Império do Brasil
  42. Cabelos fracos, quebradiços e com queda? A solução pode estar no cardápio
  43. Microplásticos ameaçam 529 espécies da fauna marinha em todo o mundo
  44. Enade: matrículas em instituições públicas crescem e rede privada tem redução
  45. Pesquisadores descrevem 381 novas espécies de animais e plantas da Amazônia
  46. Direito à saúde bucal pode virar lei
  47. Casa da Moeda: Economistas não acreditam que privatização traga risco de fraude
  48. Taxa de feminicídios no Brasil é a quinta maior do mundo
  49. Travessia longa até um trânsito civilizado no país
  50. Intestino preguiçoso: saiba quais alimentos consumir para evitar esse mal e ter uma vida saudável
  51. Cerca de 58% dos alunos da rede pública têm rendimento abaixo da média em matemática
  52. Pelo terceiro ano seguido, desemprego é a principal causa da inadimplência, mostra levantamento do SPC Brasil e CNDL
  53. De concurso de miss a maternidade, cadeirantes contam como resgataram autoestima
  54. Verba de multas poderá ir para o trânsito
  55. Como seria uma guerra entre EUA e Coreia do Norte?
  56. Fundo Amazônia vai investir R$ 150 milhões em novos projetos de conservação
  57. Duração de licença-paternidade reforça desigualdade na criação dos filhos
  58. Há 80 anos, União Nacional dos Estudantes faz história no país
  59. Barriga tanquinho: regra 80/20 é o segredo para conquistar e manter o abdômen definido
  60. Estudo mostra que o uso de etanol nos veículos reduz a poluição por nanopartículas
  61. Aleitamento materno ainda enfrenta obstáculos
  62. Segurança pública: solução depende de participação social
  63. “Memórias Póstumas de Brás Cubas” observa a condição humana
  64. Do sertão à ‘selva’ paulistana, o rito de passagem dos pankararu
  65. Dieta pós 40: veja o que deve mudar no cardápio para garantir vigor durante a meia idade
  66. Uerj pesquisa influência da atividade física das mães na obesidade dos filhos
  67. A desigualdade “racial” nas eleições
  68. Pediatras lançam guia para promover atividade física a criança e adolescente
  69. Sem aumento do PIS/Cofins, governo perde R$ 78 milhões por dia, diz AGU
  70. Pesquisa diz que a cada 16,8 segundos uma tentativa de fraude é aplicada no país
  71. O ano de 2016 bateu um novo recorde de deslocamentos forçados - Quais países mais geram refugiados pelo mundo?
  72. Pesquisa revela como o exercício físico protege o coração
  73. Laerte: heroína trans ou homem vestido de mulher?
  74. Declínio de Temer no exterior ajuda Macri a projetar Argentina
  75. O mundo, para as crianças, é a sua comunidade
  76. Misto de sentimentos marca saída dos militares brasileiros do Haiti
  77. Desemprego e informalidade assolam mulheres da América Latina
  78. Automedicação pode ter graves consequências
  79. Lei de Cotas em concurso é julgada constitucional, mas ainda motiva ações
  80. Migração: nova lei assegura direitos e combate a discriminação
  81. Grande São Paulo precisa controlar a emissão dos veículos a diesel
  82. O perfil dos corredores de rua amadores
  83. Há 100 anos, greve geral parou São Paulo
  84. Desvendando o cártamo: o que esse óleo pode fazer por sua dieta?
  85. Expectativa de vida de transexuais é de 35 anos, metade da média nacional
  86. Dalva de Oliveira
  87. Sem espaço adequado, Câmara guarda 1,2 mil obras de arte longe do público
  88. Doenças do inverno: Como fortalecer a alimentação e afastar os males típicos dessa época
  89. São Paulo precisa redescobrir a relação com seus rios
  90. Intervenções na Amazônia maquiam problemas, aponta pesquisador
  91. Plano Nacional de Educação completa três anos com apenas 20% das metas cumpridas
  92. Ao completar 9 anos, Lei Seca não impede que motoristas dirijam alcoolizados
  93. COOs e CTOs: corram para as montanhas!
  94. Crianças com microcefalia têm atendimento especializado
  95. Cruz Vermelha alerta para retorno da guerra urbana no Oriente Médio
  96. O que você come à noite pode atrapalhar o emagrecimento?
  97. Brasil registra aumento de trabalho infantil entre crianças de 5 a 9 anos
  98. Senado do Império estudou transposição do Rio São Francisco
  99. Projeto reacende debate sobre alimentos transgênicos
  100. Lei cria documento único de identificação nacional