Líderes do Brics condenam testes nucleares da Coreia do Norte

1089427 temproarioEm comunicado da 9ª cúpula de chefes de Estado e de Governo do Brics (grupo formado pelo Brasil, a Rússia, Índia, China e África do Sul) na cidade chinesa de Xiamen, os líderes do bloco condenaram ontem (4) fortemente os testes nucleares norte-coreanos

No último domingo (3), a Coreia do Norte anunciou ter feito um teste bem-sucedido com uma bomba de hidrogênio.
“Expressamos nossa profunda preocupação com a atual tensão e com a prolongada questão nuclear na Península Coreana e enfatizamos que a situação deve ser apenas solucionada por intermédio de meios pacíficos e diálogo direto entre todas as partes envolvidas”, diz a Declaração de Xiamen.
Mais cedo, durante a abertura da cúpula, o presidente Michel Temer manifestou preocupação com os recentes testes nucleares norte-coreanos.
“Os episódios dos últimos dias dão concretude a temores que parecem ter ficado nos livros de história. Hoje, [é importante] encontrar saída diplomática para a situação tão grave. Em perspectiva mais abrangente e de mais longo prazo, o desarmamento nuclear é a garantia mais eficaz contra a proliferação. O Brasil esteve na origem do Tratado sobre a Proibição das Armas Nucleares, adotado em julho. Assinaremos o instrumento ainda este mês, em Nova York. Trata-se de mais uma conquista real do multilateralismo”, afirmou.
No documento, os presidentes também condenaram os ataques terroristas em todas as suas formas e pediram que todas as nações adotem medidas de combate ao terrorismo, incluindo a prevenção ao recrutamento de pessoas e o bloqueio de fontes de financiamento como as oriundas de crime organizado e lavagem de dinheiro.

‘Rei da cocaína’, mafioso italiano é preso após 25 anos

Rocco Morabito, “boss” da ‘Ndrangheta.

Um dos mafiosos mais procurados pela Itália e há 25 anos foragido, Rocco Morabito, “boss” da ‘Ndrangheta, foi preso em Montevidéu, confirmaram as autoridades ontem (4). Ele é um dos cinco criminosos considerados mais perigosos pela Itália. Morabito usava um documento de identidade falso uruguaio e um passaporte brasileiro em nome de Francisco Capeletto.
“Após seis meses de intensa atividade de informação e inteligência, foi comprovado que Morabito tinha obtido documentos uruguaios, apresentando uma identificação brasileira com o nome de Francisco Antonio Capeletto Souza, nascido em 14 de janeiro de 1967, no Rio de Janeiro”, informaram as autoridades. Morabito, que tinha um mandado de captura da Interpol e já havia sido condenado à revelia a 30 anos de prisão, foi detido em um hotel de Montevidéu, sob acusação de chefiar o tráfico de drogas entre Itália e América do Sul nos anos 1988 a 1994.
Além disso, o governo uruguaio citou dois episódios envolvendo o mafioso italiano: a tentativa frustrada de levar 32 quilos de cocaína, em 1993, para a Itália; e o carregamento de 592 quilos de cocaína que saiu do Brasil e foi apreendido em 1992 pelas autoridades italianas. A Itália informou que, nos próximos dias, solicitará a extradição do mafioso (ANSA).

‘Imagine” é adaptada para livro infantil

Imagine temproarioImagine temproarioA canção “Imagine”, escrita pelo músico John Lennon, serviu de inspiração para um livro infantil. A história contará as aventuras de uma pomba que viaja o mundo inteiro espalhando mensagens de esperança e tolerância. O livro ilustrado será lançado no próximo dia 21, data em que é comemorado em diversos países o “Dia Internacional da Paz”. 

Os lucros serão revertidos para a ONG Anistia Internacional (AI), que tem como hino a canção do ex-Beatle. Yoko Ono, antiga companheiro de John Lennon, transmitiu no prólogo do livro toda sua felicidade por ver o texto do marido reproduzido na obra. “Devemos tratar todas as pessoas de forma igual, sem nos importarmos de onde são ou se falam outra língua. Como a pomba deste livro, que aceita todos os outros pássaros: tanto lhe faz a cor das suas penas ou a forma do seu bico”, ressaltou (ANSA).

Papa: ‘Pelé é melhor que Maradona?’

Papa Francisco recebe membros da Comunidade Católica Shalom, de Fortaleza.

O papa Francisco fez uma piada sobre futebol, comparando Pelé e Maradona, ao se reunir ontem (4) com um jovem brasileiro. “Ouvi Matheus falando em português. Queria perguntar: ‘mas quem é melhor, Pelé ou Maradona?’”, disse o Pontífice ao brasileiro de 22 anos, ex-dependente químico e membro da Comunidade Católica Shalom, recebida em uma audiência no Vaticano. Fundada em 1980, em Fortaleza, a entidade trabalha com evangelização de jovens. Em seus primeiros encontros, a Comunidade Shalom se reunia em lanchonetes e pizzarias. Agora, atua em vários países.
O Pontífice, que chegou à audiência com 40 minutos de atraso, respondeu por cerca de 20 minutos as perguntas dos jovens e destacou a necessidade de pregar uma misericórdia concreta. O Papa tirou as dúvidas de Juan, um chileno de 26 anos; de Justine, uma francesa de 25 anos, e de Matheus. Demonstrando bom-humor, Francisco fez outras piadas, comentando sobre a falta de ânimo dos jovens. “Meu Deus, parece que estão dando calmantes para vocês dormirem”, brincou (ANSA).

Egito reabre museu dedicado a general nazista

General alemão Erwin Rommel, ‘A Raposa do Deserto’.

O governo do Egito reabriu um museu dedicado ao general nazista Erwin Rommel, considerado uma lenda do Exército alemão durante a Segunda Guerra Mundial, após passar sete anos fechado para restauração. Rommel era um dos oficiais nazistas favoritos de Hitler e a sua carreira serviu de inspiração para muitos livros e filme. Além disso, ele ficou mundialmente famoso por sua intervenção na África do Norte entre 1941 e 1943, no comando do Afrika Korps, parte do Exército destinado a auxiliar as forças italianas.
Por sua audácia e domínio das táticas de guerra, Rommel recebeu o apelido de “A Raposa do Deserto” e entre os árabes como “O Libertador”. No entanto, ele foi acusado de traição por supostamente ter participado de uma conspiração para matar o ditador nazista Adolf Hitler. No museu é possível ver, entre outras coisas, fotos pessoais do general nazista, planos de batalha e uma coleção de armas.
Localizado a cerca de 280 km a oeste de Alexandria, a área é uma caverna natural em forma de arco. A inauguração, realizada em 25 de agosto, foi feita no verão para torná-lo um ponto turístico. A ideia é transformá-lo em um museu que remonta a 1977. Para o diretor do museu, Mohamed El-Sharkawy, bem como o Ministério das Antiguidades, a reabertura do local é importante para atrair visitantes para a região. “O museu aumentará o turismo”, disse El-Sharkawy (ANSA).

ONU alerta para uso em excesso da força em Mianmar

As Nações Unidas estão “profundamente preocupadas” com os relatos de que forças de segurança em Mianmar, a antiga Birmânia, estariam praticando excessos em operações no estado de Rakhine. A área abriga a minoria Rohingya e parte da população é muçulmana. Segundo agências de notícias, dezenas de milhares de pessoas teriam fugido do local, por causa de confrontos.
Em nota, o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, pediu calma e moderação para evitar uma catástrofe humanitária e ressaltou a responsabilidade do governo de Mianmar de fornecer segurança e assistência a todos que precisam. “Além disso é preciso permitir à ONU e aos seus parceiros estender a ajuda humanitária que está pronta para ser entregue”, diz o texto.
Segundo Guterres, a situação atual demonstra a urgência de uma forma holística de responder ao que considera as causas complexas da violência em Mianmar. Ele conclamou o governo birmanês a implementar as recomendações da Comissão Consultiva sobre Rakhine. Também elogiou os esforços do país vizinho, Bangladesh, para abrigar os birmaneses que fogem da violência. Ele lembrou que os refugiados devem contar com o apoio da ONU e de seus parceiros ao chegarem a Bangladesh (ONU News).