Clima de aventura

Como Shun Li, um menino de sete anos, pode salvar sua aldeia de um terrível dragão que desperta de um sono de séculos?

Cena do infantil “O Dragão de Fogo”.

A resposta para essa grande aventura está no espetáculo “O Dragão de Fogo”, que reestreia dia 19 de agosto. O infantil conta a estória do menino Shun Li, lançado ao desafio de salvar sua aldeia, surpreendida por um grande incêndio provocado por um dragão. Tão logo o vilarejo é reduzido a cinzas, os seus lideres reúnem-se para discutir uma forma de enfrentar o dragão. Muitos guerreiros se dispõem a combatê-lo, mas um velho sábio lembra aos homens que os costumes locais ditavam a necessidade da realização de um sorteio, em que apenas um dentre todos os habitantes deveria ser escolhido para enfrentar o grande perigo. Para preocupação de todos, Shun Li é o sorteado. Com uma rara habilidade para o desenho, o menino possui apenas vocações artísticas, ao invés de guerreiras, mas mesmo assim aceita o seu destino e sobe a montanha em direção à cova onde vive a criatura que cospe fogo. Quando lá chega, conhece um rato que se tornará seu amigo e o ajudará a solucionar três enigmas para derrotar o Dragão. Com Eduardo Okamoto, Esio Magalhães, Luciana Mizutani.

Teatro Cacilda Becker, R. Tito, 295, Lapa, tel. 3864-4513. Sábados e domingos às 16h. Ingressos: R$ 16 e R$ 8 (meia). Até 24/09.

REFLEXÃO

Olhar para Dentro
Nascemos para atingirmos o êxtase, a felicidade suprema, é nosso direito de nascença. Mas as pessoas são tão tolas, nem mesmo exigem seus direitos de nascença. Ficam mais preocupadas com aquilo que os outros possuem e começam a correr atrás... dessas coisas. Nunca olham para dentro, nunca procuram em suas próprias casas. Uma pessoa inteligente irá começar sua busca a partir de seu ser interior. Este será o ponto de partida de sua exploração, porque a menos que eu saiba o que está dentro de mim, como poderei sair procurando mundo afora? O mundo é tão vasto. E aqueles que olharam para dentro encontraram imediatamente aquilo que buscavam. Não é uma questão de progresso gradual, é um fenômeno súbito, uma iluminação repentina.
Osho

Lançamento

Banda BIKE.

A banda BIKE faz show de lançamento de seu segundo disco, Em Busca da Viagem Eterna. Composta pelos músicos Julito Cavalcante (guitarra e voz), Diego Xavier (guitarra e voz), Rafa Bulleto (baixo e voz) e Daniel Fumega (bateria), a Bike mostra sua música indie psicodélica, guiada por letras lisérgicas e guitarras reverberadas, cheias de efeitos, e influenciadas por Pink Floyd, Grateful Dead, Walter Franco, Brian Jonestown Massacre e Secos & Molhados

Serviço: Sesc Belenzinho, R. Padre Adelino, 1000, tel. 2076-9700 Sexta (18) às 21h. Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia).

Rock

Show com as bandas Desalmado e Homicide. No setlist, músicas do álbum In Grind We Trust, que gravaram juntos no ano passado, e outras de suas carreiras. O som de ambas é um grindcore niilista, não apenas pela sonoridade, mas também por um ideal, como válvula de escape a tudo que vemos e registramos ao nosso redor. Por se tratar de uma atitude musical agressiva a música dos grupos, segundo os próprios, “expõe as vísceras do perverso mundo em que vivemos, onde cartéis organizados por elites exploram sistematicamente os menos favorecidos”.

Serviço: Sesc Belenzinho, R. Padre Adelino, 1000, tel. 2076-9700 Sábado (19) às 21h30. Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia).

MPB

Divulgação

Acompanhada por Bruno Pederneiras (guitarra), Pedro Garcia (bateria), Dony Escobar (baixo) e Pedro Augusto (teclados), a cantora e atriz Marya Bravo interpreta sucessos de Zé Rodrix, integrante do trio Sá, Rodrix & Guarabyra, como Casa no Campo (gravado por Elis Regina), Roupa Prateada, Hoje Ainda É Dia de Rock, Soy Latino Americano, Mestre Jonas, entre outras.

Serviço: Teatro Porto Seguro, Al. Barão de Piracicaba, 740, Campos Elíseos, tel. 3226-7300. Quarta (16) às 21h. Ingressos:R$ 70 e R$ 60.

Homenagem

Simone Gutierrez homenageia a atriz, cantora e ícone do teatro musical americano Liza Minnelli, no show Liza e Eu. O espetáculo inédito reforça a importância Liza Minnelli para o mundo das artes. Acompanhada pelo pianista e diretor musical Rafael Marão, Simone relembra clássicos que Minnelli imortalizou em filmes como Cabaret e New York, New York e em musicais como The Act e Chicago, além de seus famosos shows, como o lendário Lisa With a Z. “Liza e Eu é uma comédia musical que privilegia o talento do artista e a constante saga de viver do seu ofício, que é estar no palco. O público vai se divertir muito, escutar música de qualidade e se emocionar. Nesse espetáculo coloquei toda minha paixão pelo que faço,” diz Simone.

Serviço: Teatro Porto Seguro, Al. Barão de Piracicaba, 740, Campos Elíseos, tel. 3226-7300. Quinta (17) às 21h. Ingressos: de R$ 60 a R$ 100.