O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player


O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

 

Opinião

Uma visão tridimensional da comunicação impressa

Fabio Arruda Mortara (*)

O impresso é protagonista de ganhos econômicos, ambientais e sociais e que agrega muito valor à civilização.

O esclarecimento da opinião pública sobre o caráter sustentável da atividade, ante a disseminação de equivocados conceitos sobre o tema, mobiliza permanentemente a indústria gráfica, em ações articuladas com a cadeia produtiva, incluindo uma campanha nacional de valorização de nosso produto. Agora, num novo e importante passo, o setor engaja-se no maior, mais abrangente e forte movimento global disseminador de como a mídia gráfica é atraente, prática e sustentável.

Trata-se da Two Sides, iniciativa inglesa já presente em quatro continentes, que valoriza a comunicação gráfica e esclarece com sucesso a sua sustentabilidade.

Depois de numerosas gestões e cuidadosa preparação, o Brasil passa a integrar a campanha, que dissemina informações comprovadas de que o impresso é protagonista de ganhos econômicos, ambientais e sociais e que agrega muito valor à civilização. O lançamento oficial no País, no dia 7 de abril, em reunião do Copagrem (Comitê da Cadeia Produtiva do Papel, Gráfica e Embalagem da FIESP), marca uma nova fase de esclarecimento da opinião pública.

Sob o testemunho de Martyn Eustace, diretor da Two Sides no Reino Unido, que fez questão de comparecer à apresentação no Brasil, nossa meta é atingir integralmente a sociedade, sensibilizando os formadores de opinião, setor público, clientes e fornecedores da indústria gráfica e toda a nossa cadeia produtiva, área do ensino e os consumidores de informação e conteúdo. Mostraremos o significado econômico de nosso setor e seu caráter sustentável. E o faremos aliados a mais 29 importantes entidades da cadeia produtiva.

O trabalho será realizado sem críticas a qualquer mídia, mas com uma visão progressista e pluralista. Não devemos ver os novos meios como ameaça, mas como oportunidade. Sempre haverá mercado para o impresso e o eletrônico. Cabe a cada segmento aperfeiçoar-se, atender às necessidades específicas de seu público, manter a qualidade e se mostrar insubstituível (Two Sides tem o mérito de evidenciar isso!).

Creio que a difusão do conhecimento e da informação não deva prescindir de todas as alternativas, e quanto mais as pessoas forem cultas, preparadas e conscientes, maior será a demanda de livros, jornais e revistas, impressos e eletrônicos.

Assim, é despropositado o vaticínio relativo à extinção do impresso e sua substituição pelo eletrônico. A rigor, sequer há antagonismo entre ambos. São complementares na missão civilizatória de democratizar o conhecimento, na qual se ancora a mais concreta esperança de corrigirmos os problemas da sociedade globalizada e viabilizar um futuro melhor. É preciso romper o paradigma do canibalismo de uma mídia tecnologicamente revolucionária contra as anteriores. A história mostra que não tem sido assim, pois nenhuma dessas profecias fatídicas concretizou-se.

Nos dois lados da moeda da comunicação gráfica a sustentabilidade tem forte presença, pois é economicamente viável e ambientalmente correta. E se ela cair em pé, nos permitindo um olhar tridimensional, veremos com clareza que também promove a distribuição de renda e a justiça social. Tudo isso será enfatizado com o advento da Two Sides no Brasil.

(*) - É presidente da Abigraf Nacional (Associação Brasileira da Indústria Gráfica) e do Sindigraf-SP (Sindicato das Indústrias Gráficas no Estado de São Paulo) e coordenador do Copagrem (Comitê da Cadeia Produtiva do Papel, Gráfica e Embalagem da FIESP).

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

 



Jornal Empresas & Negócios
Rua Boa Vista, 84 - 9º andar - cj. 909
01014-000 - Centro - São Paulo - SP
Tel.: (11) 3106-4171 Fax: (11) 3107-2570

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player