ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

Governo inícia desassoreamento do Rio Pinheiros

O governo paulista anunciou na sexta-feira (12) o início do desassoreamento do Rio Pinheiros.

Segundo o governador de São Paulo, João Doria, a despoluição do rio ocorrerá até 2022. Em um ano, será feito o desassoreamento e o desaterro de 1,2 milhão de metros cúbicos de detritos com recursos que somam aproximadamente R$ 70 milhões.
Para fazer o desassoreamento - remoção de areia, lodo e outros sedimentos do fundo do rio - será utilizada a técnica de escavadeira embarcada em plataformas flutuantes. Máquinas vão retirar sedimentos do leito do rio, depositá-los em barcaças, transportá-los às margens para disposição final na Cava de Carapicuíba.
O órgão aponta que o volume mensal dos resíduos, se colocados em caminhões, formaria uma fila de 100 km. Serão investidos inicialmente neste processo R$ 32 milhões. A previsão é que, em até 12 meses, sejam desassoreados 500 mil metros cúbicos. O objetivo é remover 2,4 milhões de metros cúbicos de sedimentos nos próximos anos. As ações de desaterro, por sua vez, vão aumentar o espaço de áreas chamadas de “bota-fora” com a e a escavação mecânica dos materiais depositados (ABr).

Mais Lidas

Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/storage/0/5e/4e/jornalempresasenegoc/public_html/modules/mod_sp_facebook/mod_sp_facebook.php on line 84

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171